Agenda   Aulas   Carne mata   Contato   Convite   Livros gratis   Oferecendo alimento   Radio in English   Radio Hare Krishna   Radio Mantra   Receitas   Terco   Doar
 
  [Baixe a Biografia Internet lenta] [Baixe a Biografia Internet rapida]

Srimati Vishnu Priya Devi Dasi biografia

O Senhor Supremo tem tres potencias [shaktis] internas diferentes: Sri, Bhu e Nila. A potencia [shakti] Bhu apareceu como Srimati Vishnupriya Devi nos passatempos eternos de Deus [Gaura lila], para auxiliar o movimento de canto e danca congregacional de Hare Krishna [sankirtana] do Senhor Sri Chaitanya. O Rei de Satrajit, pai de Satyabhama nos passatempos eternos de Deus [Krishna lila], apareceu nos passatempos do Senhor Sri Caitanya [Gauranga lila] como o sacerdote brahmana Sanatana Mishra, pai de Vishnuprya Devi.

Srimati Vishnuprya Devi transbordava todas as boas qualidades. Sua beleza sobrepujava a da deusa da fortuna. Era devotada a seus pais e seguia as injunções escriturais obedientemente. Regularmente ela adorava a planta sagrada Tulasi Devi, e observava votos de austeridades tais como tomar banho tres vezes por dia no rio Ganges.

Sempre que encontrava com Saci Mata no Ganges, Vishnupriya se curvava humildemente aos pes dela. Saci Devi freqüentemente pensava que a bela e casta Vishnupriya daria uma noiva ideal para seu filho Nimai. Depois que Lakshmipriya Devi, primeira esposa do Senhor Chaitanya, “morreu em separacao do Senhor,” Nimai Pandit casou com Srimati Vishnupriya Devi. Os livros Chaitanya Mangala e Chaitanya Bhagavata dao elaboradas descricoes deste casamento dos mais auspiciosos.

Buddhimanta Khan, um rico proprietario de terras, arcou com todas despesas do opulento e regio casamento do Casal Divino, Vishnupriya e Sri Nimai Pandit. Toda as pessoas de Navadvipa e das aldeias circumvizinhas vieram para o casamento. Durante a cerimonia todos olhos se voltaram para o Casal Divino, como que para devotar a beleza impar de Vishnupriya e Nimai Pandit.

Os devotos de Deus [Vaisnavas] cantavam as glorias de Hari. Os sacerdotes brahmanas fizeram um circulo em torno do Senhor e cantaram os Vedas. Um mar de jubilo inundou as quatro direcoes. Aqueles que nao se afogaram simplesmente flutuavam em bem-aventuranca. Alem do casamento, Vrindavana Dasa Thakura nao elabora sobre os passatempos de Vishnupriya.

No Chaitanya Mangala, Lochana Dasa Thakura conta passatempos nao mencionados em mais nenhum lugar. Ele narra a ultima conversa, especialmente tocante, que o Senhor Gauranga teve com Vishnupriya Devi na noite antes que Ele tomasse a ordem de vida renunciada [sannyasa]:

“Numa voz embargada de emocao, Vishnupriya disse: “Diga-me, o Senhor da minha vida [Prananatha], e verdade o rumor que ouvi de que iras tomar a ordem de vida renunciada [sannyasa] e deixar-me? Se eu perder Tua associacao entao bem que posso acabar com minha vida bebendo veneno.”

Respondendo com misericordiosas palavras gentis, Sri Gaura Raya disse: “Vishnupriya, Me es tao cara quanto a propria vida. Nao ha necessidade de ficares preocupada. Por favor ouca o que estou pra te dizer, pois isso ira te ajudar. A unica verdade nesse mundo e Deus [Bhagavan] e os Seus devotos [vaisnavas]. Tudo o mais e ilusao. Pais, maes, filhos, relacionamentos entre homens e mulheres sao todos ilusorios. Krishna e o Senhor, o verdadeiro marido de todos. Nao lamente, nao fique preocupada; teu nome e Vishnupriya. Portanto, realize o real significado de Vishnupriya e sempre pense em Krishna dentro de teu coracao.”

Entao Sri Gaurasundara mostrou Sua forma de quatro bracos, a qual ajudou Vishnupriya a entender Sua posicao absoluta. Ao ver isso, a dor e tristeza de Vishnupriya foram vencidas. Ela se sentiu bem-aventurada. Esta visao e as instrucoes de Mahaprabhu removeram seu atordoamento. Porem ela manteve a mentalidade de tomar o Senhor por seu marido.

Gemendo, chorando e caindo aos pes de lotus do Senhor Chaitanya, ela disse: “Suplico-Te que aceites minha humilde submissao. Tu es o mais querido Senhor de minha vida, minha unica fortuna. Sem Ti, sem Teu servico nao tenho nada.”

O Senhor Gauranga abracou Vishnupriya com Seus olhos. Ele deu misericordia a ela com estas palavras: “Vou viajar aqui e acola. Mas onde quer que Eu va, sempre permanecerei onde voce estiver.”

Compreendendo a natureza supremamente independente do Senhor Gaura, Vishnupriya disse: “Deves fazer o que Te faz feliz, Meu Senhor. Que ninguem seja um obstaculo a Tua divina missao.” [extraido do livro Chaitanya Mangala]

Depois que Sri Nimai Pandit deixou Navadvipa, Vishnupriya adotou uma vida austera e devotada. Ela ficou tao delgada quanto a lua crescente antes da lua nova [Amavasya]. Seguindo uma rigida pratica transcendental [sadhana], ela separava um grao de arroz para cada volta de Hare Krishna que cantava em seu rosario [japa]. De noite, Vishnupriya cozinhava esses graos, oferecia para a forma de Deus no altar [a Deidade pessoal de Mahaprabhu], e comia [honrava] os restos. Atualmente conhecida como Dhamesvara Mahaprabhu, a vistosa forma de Deus no altar [Deidade] conhecida como Sri Gauranga Mahaprabhu reside na cidade de Navadvipa. Essa forma de Deus no altar Sriman Mahaprabhu recebe adoração regular e da ilimitada misericodia.”

Agradecimentos especiais ao Prabhu Jay Gokula Das e seu grupo de Suzano
que
gentilmente nos deu uma cópia dessas maravilhosas biografias.

Por favor perdoem os erros de digitacao e as mudancas na tentativa
de deixar mais compreensivel para quem nao é devoto
Atenciosamente Nayana

Para ler mais ou baixar livros gratis sobre este conhecimento clique aqui





Ajude a manter nossos programas, deposite sempre que puder qualquer quantia na Poupança da CAIXA ou na Loteria Ag: 0276 Conta 013/ 6678-1 Danilo Nicolace (Nayana)